Mais de 11 milhões de brasileiros, cerca de 7% da população, usam remédios para dormir, segundo dados mais recentes da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Para Dr. João Armando, psiquiatra do Instituto Castro e Santos e pós-graduando em dependência química, isso acontece porque a maioria dos médicos apenas prescreve medicações, visando o resultado final: fazer com que a pessoa durma. “Grande parte dos especialistas acaba não fazendo uma avaliação correta sobre os motivos da insônia. A fonte do problema pode ser apneia do sono, ansiedade ou mesmo depressão”, destaca.

O psiquiatra ressalta, ainda, que há também uso exagerado de remédios, como as benzodiazepínicas (Rivotril, Frontal, Lexotan, etc.). “Essa são medicações que conseguem levar o paciente da vigília ao sono. Porém, elas atrapalham bastante a qualidade do sono, fazendo com o paciente durma, mas tenha um sono de baixa qualidade”, esclarece.

Dr. João alerta, também, que o uso abusivo desses remédios pode causar dependência ou até mesmo resistência medicamentosa, fazendo com que a pessoa precise de doses mais altas para obter o mesmo efeito. “Essas medicações não devem ser usadas por mais de três semanas devido o potencial de gerar dependência. Para evitar isso, é fundamental um tratamento baseado na avaliação correta do que levou à dificuldade de dormir, a adoção de medidas de higiene do sono – diminuição de bebidas estimulantes, dormir em ambiente com pouca luminosidade e barulho –, e o uso de medicações tarjas vermelhas, quando realmente for necessário”, conclui o médico.

Dicas para higiene do sono

– Durma sempre no mesmo horário

– Antes de dormir, não tome bebidas alcoólicas e à base de cafeína, como café e Coca-Cola, não fume e não pratique exercícios físicos pesados

– Não assista televisão à noite ou use o celular, a luz branca estimula os olhos

– Não use a cama como sofá, ou seja, não passe o dia todo na cama

– Procure manter o quarto numa temperatura ideal, nem muito quente, nem muito frio

– Se estiver com muita dificuldade para pegar no sono, leia um pouco. Em poucos minutos você sentirá vontade de dormir

– Opte por um ambiente com pouca luminosidade e barulho